MTH promove ‘Innovation Day’ no Casarão da Inovação Cassina

MTH promove ‘Innovation Day’ no Casarão da Inovação Cassina


Cases de startups, dinâmicas e a premiação oficial do hackathon Nasa Space Apps Challenge 2020 fizeram parte da programação do Innovation Day, evento realizado na última quinta-feira, 3/12, pelo Manaus Tech Hub (MTH), espaço de inovação aberta do Sidia Instituto de Ciência e Tecnologia, em parceria com o Casarão da Inovação Cassina, no centro histórico de Manaus.

O Innovation Day é um evento de imersão, que compõe uma parte do programa corporativo do MTH, chamado de Trilha da Inovação. “O objetivo do Innovation Day é conectar colaboradores de diferentes áreas de empresas e instituições públicas e causar impacto na cultura de inovação dessas organizações”, explica o especialista em Inovação do MTH, Daniel Goettenauer.

Para isso, os participantes puderam assistir a palestras de especialistas em Novos Negócios e Product Management do Sidia, abordando temáticas como “Futuro das Coisas e Inovação”, “Produto e Validação de Ideias” e “Como apresentar um Pitch”.

Após as apresentações das startups “Eu Direto” e “Backlog”, que estão sendo aceleradas pelo MTH, os convidados foram divididos em equipes, com o desafio de pensarem soluções tecnológicas para a cidade, dentro do conceito de Smart Cities. Trânsito, saúde e empreendedorismo, foram os temas estudados e discutidos na imersão, que ocorreu durante toda a tarde.

Devido à pandemia, a participação do público ficou restrita a 25 convidados, que representam empresas e instituições governamentais, tais como TVLar, Grupo DB, Grupo Tapajós, Comepi, Recofarma, Cigás, Electrolux, Tutiplast, Prefeitura, Prodam e Suframa.

Para Karla Henderson, coordenadora de Marketing do DB, Manaus vive um momento de transformação para a indústria 4.0 e eventos como esse, abrem portas e novos horizontes. “Todos falam da Amazônia, da nossa região, e com isso enxergamos um enorme potencial de crescimento na indústria, por meio da inovação. A partir dessa imersão, nós temos a chance de desenvolver nossos conhecimentos sobre esses processos inovadores”, disse.

De acordo com o secretário municipal do Trabalho, Empreendedorismo e Inovação, Marco Pessoa, o Casarão Cassina foi construído justamente para que esses encontros fossem realizados. “Este aparelho veio para fazer a diferença na sociedade manauara. O Casarão é um complemento de um trabalho que vem sendo construído há anos pela gestão do prefeito Arthur Virgílio. Foi identificado que Manaus precisava investir mais em empreendedorismo, inovação e com o auxílio dos atores do ecossistema, estamos seguindo com diversas ações”, destacou.

Nasa Space Apps Challenge

Durante o evento, foi realizada a premiação oficial da etapa local do Nasa Space Apps Challenge, considerado um dos maiores hackathons do mundo, que aconteceu de 2 a 4 de outubro, realizado pelo Manaus Tech Hub.

A dupla de irmãs Helena e Sofia Castello Branco, de 9 e 11 anos, respectivamente, foi responsável pelo projeto vencedor. O troféu foi confeccionado por uma impressora 3D e desenvolvido pelo Sebraelab, parceiro na organização do hackathon. A entrega foi realizada pelo superintendente do Sidia, Chris Lee.

Mr. Chris Lee, superintendente do Sidia, e a dupla vencedora local do hackathon Nasa Space Apps Challenge 2020, Sofia e Helena Castello Branco.

Entre os 22 desafios propostos pela Agência Espacial Americana (NASA) para serem solucionados em até 48 horas, elas escolheram a criação de uma mascote virtual. Assim surgiu “Gibby”, um assistente virtual para crianças e jovens entre 5 e 16 anos. O projeto segue agora para as próximas etapas globais da competição.

Trilha da Inovação

Além do Innovation Day, o programa Trilha da Inovação possui outras duas modalidades, com foco em aceleração da cultura de inovação e criação de novos negócios: o primeiro deles é o Design Thinking, que identifica áreas a serem exploradas no programa de aceleração de startups, a partir de dores e priorização realizada pelo time.

Outra parte é a realização de um hackathon, formando times multidisciplinares para trabalharem em ideias de soluções, surgidas a partir de desafios. Os colaboradores recebem conteúdo e mentoria de um time técnico especializado.

O final da trilha consiste em um programa de aceleração com duração de três meses, com o objetivo de aproximar startups da empresa, gerando relacionamento e promovendo possibilidade de novos negócios.


Texto: Assessoria de Comunicação / Manaus Tech Hub e Semtepi
Fotos: Valdo Leão / Semcom

Leave a comment